Saúde

Chás abortivos: Saiba quais são e evite se estiver grávida!

A gravidez é um momento muito delicado na vida da mulher, assim ela deve tomar muitos cuidados para que nada possa afetar o seu bebê, por isso é necessário tomar cuidado quanto ao que está consumindo. É muito comum que as mulheres gostem de tomar chás nesta fase, no entanto não são todos que são indicados, pois existem muito chás abortivos que podem interromper a gravidez.

Confira abaixo quais chás são esses para que você possa evitá-los.

Quais são?

Os chás abortivos são feitos de ervas com propriedades de interromper a gestação por causar algum efeito colateral no organismo da mulher, geralmente causando contrações no útero e alterando a pressão sanguínea, fatores que podem levar à expulsão do feto quase que de maneira instantânea e podem também trazer consequências graves para a mãe, por isso se você está grávida deve evitá-los.

Alguns chás como o chá de buchinha do norte, a Quina Quina, a aroeira e o chá de boldo chileno que são usados para tratar problemas digestivos são exemplos de chás abortivos que devem ser evitados na gestação, justamente por provocarem contrações no útero que podem resultar na expulsão do feto.

Outros chás abortivos que devem ser evitados na gravidez são:

  • Chá de canela;
  • Chá de lágrimas de nossa senhora;
  • Chá de erva grossa;
  • Chá da flor de boa noite;
  • Chá de comigo ninguém pode;
  • Chá de poejo;
  • Chá de mata pasto;
  • Chá de arnica;
  • Chá de quebra pedra;
  • Chá de beldroega;
  • Chá de pessegueiro;
  • Chá de romã;
  • Chá de saião;
  • Chá de pinhão de purga;
  • Chá de boldo

O riscos de haver aborto aumenta quando a mulher consome regularmente o chá de alguma dessas plantas ou quando faz a administração de uma grande quantidade deste chá de uma só vez, principalmente se for tomado nos primeiros 3 meses de gravidez.

O chá de boldo aborta mesmo?

O chá de boldo, embora possa trazer excelentes resultados por ajudar em tratamentos de distúrbio gástrico pode ser um grande vilão das mulheres grávidas, pois pode causar complicações durante o período, levando a má formação do feto ou até mesmo ao aborto.

Por isso esse chá está na lista dos chás abortivos e deve ser desprezado por qualquer mulher que está grávida a fim de evitar problemas de saúde a ela e ao bebê.

Quais os cuidados devo ter?

O principal cuidado é que a mulher grávida deve ter é evitar sempre consumir qualquer tipo de erva sem antes consultar um médico, pois só ele irá dizer se a erva pode ou não causar má formação do feto ou até mesmo um aborto.

Além do mais, ao consumir algum tipo de chá é necessário sempre seguir as orientações corretas do médico para não ter nenhum tipo de complicação na gestação.

Neste artigo foi citado apenas alguns dos chás abortivos, mas existem vários outros, por isso é imprescindível evitar o consumo de qualquer chá sem autorização médica.

Ainda ficou alguma dúvida sobre os chás abortivos? Deixe um comentário que responderemos você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *