Saúde

Hiperidrose: conheça a doença que faz suar excessivamente!

Se você tem costume de suar muito, mesmo quando o tempo não está muito quente, então pode ser que você tenha uma doença chamada Hiperidrose, que faz com que você ficar suando excessivamente mesmo quando está dormindo ou parado. Ela não tem uma causa específica, mas uma das suas principais relações é com a genética, ou com doenças como a diabetes, menopausa ou até mesmo ansiedade.

E se você quer saber como acabar com essa doença, continue lendo esse artigo que contamos tudo para você!

Tem sintomas?

O principal sintoma da Hiperidrose é o suor, porém além do normal, que ocorre em ambientes muito quentes, no calor ou quando estamos praticando exercícios físicos. O suor causado por essa doença pode ocorrer em qualquer hora do dia ou da noite e até mesmo enquanto estamos descansando, dormindo, ou em ambientes refrigerados com ar condicionado.

A boa notícia é que essa doença não traz muitas complicações para a saúde e pode ser detectada facilmente por exames laboratoriais, uma vez que apesar de provocar um sintoma visível, não é sempre que o diagnóstico é de hiperidrose.

Não existem outros sintomas, e um dos maiores problemas dessa doença é que além de não conseguir identificar o motivo exato dela acontecer, pode provocar situações constrangedoras em quem a possui. Já que o suor é tão excessivo que molha roupas em áreas como axilas, por exemplo. Além do rosto, testa, pescoço, joelhos e outras partes do corpo.

Hiperidrose tem cura?

Algumas pessoas tentam utilizar de desodorantes específicos para curar essa doença, principalmente antes do diagnóstico, pois acreditam ser essa a solução. Porém, com o acompanhamento de um médico, pode ser necessário o uso de medicamentos, cremes, pomadas e até mesmo optar por um procedimento cirúrgico para remover as glândulas que causam esse problema.  Mas para escolher o melhor tratamento é preciso ter um diagnostico mais preciso sobre a doença e o nível em que ela se encontra, pois alguns casos são mais sérios que outros.

Por isso, sempre procure ajuda de um médico para te orientar sobre a melhor opção a seguir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *